Município tem a primeira agroindústria habilitada ao SUSAF

04/08/2020

Após rigorosa e necessária adequação, cumprindo as exigências legais e sanitárias a Agroindústria Santo Anjo, fábrica de laticínios, estabelecida na Linha Baios Alto, interior de Rondinha/RS, recebeu na última semana a confirmação de acesso e habilitação ao SUSAF. A partir de agora a agroindústria, primeira do município, está autorizada a comercializar seus produtos produzidos como; queijos, nata e manteiga, em todo território estadual.

O processo inicial deu-se, a partir da contratação de uma profissional veterinária pelo município, onde, através do SIM (Sistema de Inspeção Municipal), a responsável, começou a acompanhar, inspecionar e assessorar as agroindústrias rondinhenses buscando alcançar maior qualidade nos produtos produzidos compartilhando orientações sobre a higiene dos manipuladores, estabelecimentos, procedência da matéria prima, processos de industrialização dos produtos, entre outros.

Em ato contínuo e, com o processo de fabricação sendo organizado, o município solicitou adesão ao SUSAF, onde após trâmite na esfera estadual, o pedido foi autorizado e conquistado cuja publicação ocorreu em 16 de dezembro de 2019 no Diário Oficial do Estado do RS. Imediatamente, a agroindústria Santo Anjo apresentou projeto requerendo autorização estadual, a qual foi concedida durante o mês de julho do ano corrente.

Na quinta-feira dia 30 de julho, o Prefeito Municipal Ezequiel Pasquetti recebeu em seu gabinete o jovem empreendedor Alexandre Piran, representando a família proprietária da agroindústria juntamente com o Secretário Municipal da Agricultura Vicente Sartoretto.

Pasquetti declarou que o forte potencial da atividade leiteira do município desafia as famílias explorarem novas áreas de produção e comercialização, à exemplo da família Piran, transformando a matéria prima em novos produtos agregando renda familiar.

 ‘’A conquista da família Piran é uma grande vitória para Rondinha, esta iniciativa amplia as áreas de comércio, garantindo novas rendas aos empreendedores rurais familiares gerando mais frentes de trabalho e maior qualidade de vida às famílias’’, salientou o prefeito Pasquetti.

Pasquetti lembrou que, além da assistência e assessoramento, o município também contribuiu na terraplenagem inicial possibilitando a construção desta agroindústria, bem como, no repasse de recursos da consulta popular. Esclareceu ainda que o município é parceiro para auxiliar as demais agroindústrias estabelecidas a se estruturarem e buscar adequação a legislação para fins de também habilitá-las ao SUSAF.

Em nome da família, o jovem Alexandre Piran, declarou que a motivação em produzir mais e ainda melhor aumentou, significativamente, com a autorização concedida, por fim, agradeceu a todos que prestaram apoio na conquista, incentivou aos demais empreendedores para que busquem sua habilitação estadual, representando novos caminhos de crescimento e desenvolvimento para as famílias e ao município.



Acesse: https://www.diariors.com.br/site/cidades/rondinha/32988-rondinha-munic%C3%ADpio-tem-a-primeira-agroind%C3%BAstria-habilitada-ao-susaf.html

Últimas Publicações