Barragem de contenção do Rio Lambari foi oficialmente inaugurada

29/03/2019

Na noite de 29 de março às 21:00 hs aconteceu uma grande solenidade de inauguração oficial da tão sonhada e esperada Barragem de Contenção do Rio Lambari. O ato foi realizado no local da obra, acesso a cidade e margens da RS 404.

O que até pouco tempo atrás, era apenas um sonho da população, hoje é uma realidade servindo toda comunidade, obra construída com grande empenho coletivo entre Administração Municipal e comunidade, visando solucionar um grave problema de décadas dos rondinhenses, que suportaram os transtornos devido aos reiterados alagamentos do perímetro urbano, provocados pelo transbordamento do Rio Lambari, invadindo casas, estabelecimentos comerciais, prédios, ruas, etc.

Um grande número de pessoas prestigiou a inauguração, além de autoridades, entre estas: O Prefeito Municipal Ezequiel Pasquetti, primeira dama Adriana Pasquetti, Vice-prefeito Aldomir Cantoni e esposa Jocelina Cantoni, Engenheiro responsável pela obra da obra, Miguel Gonçalves, Presidente da Câmara de Vereadores Adair Menin e demais vereadores, Presidente da Cicar, Gustavo Menin, Pároco local, representante da Igreja Assembleia de Deus, Deputado Federal Jerônimo Guergen, Prefeito de Engenho Velho Paulo Dal Alba, Secretários Municipais, Ex-vereadores, Ex-prefeitos locais e da região, representantes de entidades, comerciantes, imprensa escrita e falada da região e principalmente moradores de Rondinha.

Na abertura da inauguração foi lido um breve histórico resgatando os problemas sobre os alagamentos, início do projeto e execução da obra.Na oportunidade também foi exibido um vídeo com imagens dos alagamentos ocorridos e depoimentos de pessoas da comunidade relatando o drama de décadas enfrentado pela comunidade e a alegria com a realização da obra.

Em seguida, usaram da palavra o Presidente do Legislativo Municipal, Adair Menin, representante da Empresa Portobello, Gustavo Menin, (executora da obra), Dep. Federal Jerônimo Guergen, benção dos religiosos presentes e por fim, a manifestação do Prefeito Ezequiel Pasquetti. Todos, destacaram a grandiosidade e importância da Barragem para a comunidade rondinhense, que vem a resolver um problema crônico dos alagamentos. Foi homenageado ainda o Professor Luís Alberto Baldi com entrega de placa em agradecimento ao trabalho prestado, representando toda comunidade que ajudou na realização da obra.

O Prefeito Pasquetti fez um resgate histórico dos alagamentos, caminhos percorridos a partir do ano de 2013, para encontrar uma solução segura para a comunidade, lembrou dos estudos realizados por geólogos, engenheiros e técnicos até apresentação do projeto e execução da obra, iniciada em agosto de 2016.

Pasquetti agradeceu a todos que colaboraram, desde as famílias que doaram as áreas para construção da Barragem, voluntários e parceiros do Poder Público que contribuíram no projeto, vereadores, equipe da administração na contenção de recursos, os quais foram investidos na Barragem, enfim, à todos, indistintamente. Por fim, declarou que a obra beneficiará toda população.

Após a fala do Prefeito, o Padre Moacir Calza e rep. da Igreja Assembleia de Deus abençoaram a obra, seguindo com descerramento da placa inaugural e show de fogos.

O barramento tem uma extensão de 40 metros na base inferior e 4 metros de largura na parte superior. A altura do barramento tem 11 metros; a extensão de margem a margem atinge a largura de 100 metros, cujo investimento ultrapassou R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), custeados integralmente pelos cofres do próprio município.

Fazendo parte das programações de aniversário, na mesma noite as 23:00 hs no estádio do Clube União aconteceu um show nacional com a dupla sertaneja, Cesar Menotti e Fabiano, reunindo uma multidão.

HISTÓRICO DOS ALAGAMENTOS DE RONDINHA

Ao longo de várias décadas a população de Rondinha vivenciou, por reiteradas vezes, os sérios transtornos decorrentes dos alagamentos do perímetro urbano, especialmente, a comunidade ribeirinha ao Rio Lambari, moradores, comerciantes e entidades. Alagamentos provocados pelas chuvas torrenciais ocorridas nas cabeceiras do Rio, em volume superior a capacidade de vazão do leito do Rio, resultando por consequência, no transbordamento e alagamento de casas, estabelecimentos comerciais, ruas e outros. Além, da água barrenta, o lodo, restos de vegetação e outros materiais, deixavam sérios prejuízos materiais pelo caminho atingido.

A partir dos alagamentos e por vários dias seguidos o Poder Público e moradores, após muito trabalho, restabeleciam a vida comunitária realizando mutirões de limpeza, consertos e investimentos restabelecendo aos poucos a vida da comunidade.

Esta situação, interferiu na vida da comunidade, pois, a cada chuva que se aproximava, ressurgia o temor e, até pânico das pessoas diante das experiências já vivenciadas.

Embora os alagamentos já viessem ocorrendo há décadas, foi no ano de 2013, o ponta-pé inicial e decisivo. Um sonho de todos, o que e como fazer para solucionar o problema crônico dos alagamentos nesta cidade.

Naquela oportunidade, numa atitude corajosa, porém, organizada a Administração Municipal, através do Prefeito Ezequiel Pasquetti teve a primeira audiência em Porto Alegre reunindo a equipe de Engenheiros da METROPLAN, órgão estadual, especializado no tema, buscando encontrar uma solução segura para todos.

Em ato contínuo, foi convencionada parceria entre Poder Público de Rondinha e METROPLAN, culminando na realização de estudos geotécnico e hidrológico, onde, por várias oportunidades, Engenheiros, Geólogos, técnicos e demais profissionais, estiveram no município realizando análise do leito do Rio, estudo do solo, registro de chuvas históricas no município, localização da cidade, entre outros.

Ao final de vários meses de pesquisas e estudos técnicos, finalmente foi apresentado um plano de controle de cheias do Arroio Lambari resultando na elaboração do projeto técnico para construção da Barragem de contenção.

O projeto definiu a viabilidade técnica para construção de um barramento através do uso de argila compactada, com dreno de fundo para escoar a capacidade habitual do arroio e vertedouro de superfície.

Como o projeto pronto e aprovado, o Poder Público de Rondinha, na presença de Engenheiros e Técnicos da área promoveu uma audiência pública com os moradores discutindo a realização da obra, a qual, ao final, foi aceita e homologada pela população presente.

INÍCIO DA OBRA

A execução física do barramento iniciou no dia 24/08/2016 com a remoção de árvores, galhos, solo superficial e limpeza do local até chegar a solo firme. Em seguida, foi promovida a licitação para construção do vertedouro de fundo em linhas de bueiro com envelopamento de concreto.

Após, foi iniciado o transporte, aterramento e compactação do solo, atividades desenvolvidas com uso de equipamentos da própria municipalidade, através da equipe da Secretaria Municipal de Obras que, de forma intercalada com os serviços habituais executou o trabalho. Para vários meses seguintes ocorreu o transporte de aproximadamente 3 mil cargas de solo específico, transportado de um local distante a 6 km desta obra.

Finalizado o barramento em solo compactado, iniciou-se a etapa de concretamento na parte superior da ‘’taipa’’, em seguida, foi construída a estrutura em concreto da parte externa que além de garantir a segurança da obra, tem função simultânea de escoamento da água represada, caso, eventualmente, a barragem atingir o limite máximo de capacidade.

O barramento tem uma extensão de 40 metros na base inferior e 4 metros de largura na parte superior. A altura do barramento tem 11 metros; a extensão de margem a margem atinge a largura de 100 metros.

No sistema de vazão da água, foram construídos, 3 tubulações ao fundo da barragem, todos envelopados em concreto, dispondo de um  mecanismo externo que permite o controle de vazão da água.

Na parte de concretagem foram construídas estruturas de revestimento interno, superior e externo, seguindo rigorosamente o projeto, com a mais absoluta segurança na obra e principalmente da população, tudo com acompanhamento in loco pela equipe de engenharia especializada. A execução da parte de concretagem da obra foi realizada pela empresa rondinhense, Construtora Portobello, vencedora da licitação.

A Barragem inaugurada consumiu mais de R$ 1 Milhão de reais, todos os recursos custeados pelos cofres da própria municipalidade.

Esta iniciativa visa resolver, de forma definitiva o problema dos alagamentos desta cidade em períodos de chuvas intensas, terminando com o pânico gerado a cada intempérie e com os prejuízos ocasionados pelas enchentes.

 

Fonte: DiárioRS

 


Acesse: https://www.diariors.com.br/site/noticias/28641-rondinha-%E2%80%93-barragem-de-conten%C3%A7%C3%A3o-do-rio-lambari-foi-oficialmente-inaugurada.html?fbclid=IwAR2DWE6cs9VCLh5OKZ2n-wT425BZAsbtlP5hI9bQ-FJobyAy1zta-ULlcS4

Últimas Publicações